Saúde

3 doenças gástricas mais comuns e suas causas

julho 16, 2018
Tempo de leitura 3 min

Quando o corpo dá certos sinais, é preciso ficar atento. Com frequência, muitas pessoas tentam resolver doenças gástricas, como gases, diarréia ou intestino preso, em casa mesmo. Para isso, fazem uso de receitas caseiras ou automedicação.

A verdade é que essa forma de tratamento definitivamente não é a melhor opção. Sintomas tidos como comuns e passageiros podem tomar proporções maiores se não forem tratados corretamente. Assim sendo, um diagnóstico médico preciso torna-se fundamental.

Pensando nisso, neste post, trazemos informações relevantes sobre as 3 doenças do sistema gastrointestinal mais comuns para ajudar você a identificar se algum dos sintomas descritos estão fazendo parte do seu dia a dia. Se estiverem, é importante procurar ajuda médica para ter de volta sua saúde. Continue a leitura e saiba mais!

Por que é importante procurar um especialista em doenças gástricas?

Seja uma queimação no estômago ou a sensação de que algo não caiu bem, todo mundo, em algum momento, já teve um desconforto gástrico e fez uso de medicamentos ou de chás que estavam ao seu alcance.

Acontece que nem sempre esses artifícios resolvem definitivamente a questão. Se os sintomas são recorrentes e atrapalham sua rotina e seu bem-estar, é hora de pesquisar mais a fundo o que está acontecendo e começar o tratamento correto o quanto antes, a fim de evitar problemas maiores no futuro.

Quais são as doenças gástricas mais comuns?

1. Constipação

Também conhecida como intestino preso, a constipação é definida quando há dificuldade de evacuação, somada a fezes endurecidas e menos de três evacuações em uma semana.

Não necessariamente é sintoma de uma doença grave, mas, se for constante, pode indicar outras patologias como problemas na tireoide. De modo geral, a constipação é causada por uma dieta com pouca ingestão de fibras, consumo de água insuficiente, falta de atividades físicas e, até mesmo, fatores emocionais como o estresse.

2. Síndrome do Intestino Irritado (SII)

Em linhas gerais, a SII é caracterizada por episódios de constipação alternados com ocorrências de diarreia. A pessoa com Síndrome do Intestino Irritável sente fortes dores abdominais, acúmulo de gases e sensação de inchaço e nota presença de muco nas fezes.

Não se sabe ao certo o que a desencadeia, mas pode ter relação com alimentação, estresse, fatores emocionais, hormônios ou outras doenças como uma gastroenterite.

É considerada uma doença crônica e, muitas vezes, é confundida com outras patologias, dificultando assim seu diagnóstico. Por isso, ela requer acompanhamento médico constante e por longo período.

3. Doença do refluxo gastroesofágico

Quando a válvula presente entre o esôfago e o estômago não exerce sua função corretamente — que é de fechar o canal após a passagem do alimento —, há o retorno do suco gástrico para o esôfago, causando um dos principais sintomas da doença do refluxo gástrico: a sensação de queimação subindo no peito (pirose).

O que pode piorar esses sintomas:

  • não mastigar corretamente os alimentos;

  • consumo excessivo de álcool e de café;

  • uso de muitos medicamentos;

  • presença de hérnias de hiato.

Nesse sentido, é necessário o acompanhamento médico para verificar a causa exata do refluxo e começar um tratamento com dieta e medicações adequadas para cada caso.

Manter uma alimentação rica em fibras, fazer atividades físicas, consumir mais água e evitar estresse são atitudes que ajudam a evitar doenças gástricas. No entanto, ao aparecimento de algum sintoma, nada substitui o diagnóstico e o acompanhamento médico para ser possível proceder com o tratamento correto.

Este post foi útil para você? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e divulgue essas informações valiosas para que seus amigos também possam ficar por dentro do assunto e melhorar a qualidade de vida!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up