Saúde

Quais são as principais causas para queimação no estômago?

dezembro 31, 2018
Tempo de leitura 3 min

Você já se sentiu incomodado com queimação no estômago? O problema é mais comum do que se imagina. Afinal, só no Brasil, 15% da população apresenta o incômodo, no mínimo, uma vez na semana. Mais do que afetar a saúde, a queimação ainda pode prejudicar o desempenho de atividades cotidianas, os relacionamentos e até o simples prazer de saborear sua comida preferida.

A queimação no estômago tem diversas causas, e é sobre isso que vamos falar neste post. Se você quer saber mais sobre esse problema, por que ele acontece e quais são as doenças associadas, continue a leitura.

O que é a queimação no estômago?

A queimação no estômago, também chamada de azia, é caracterizada por uma sensação de ardência na região estomacal. Esse desconforto costuma ainda se irradiar para o peito e garganta.

Esse problema tem origem no refluxo de ácido gástrico, substância produzida pelo estômago para digerir os alimentos, mas pode ser provocado por inúmeras disfunções no sistema digestivo. Quando isso ocorre, o ácido segue para o esôfago em direção à boca, causando a sensação de queimação.

Quais são as principais causas desse problema?

Bacteriana

Quando o estômago está colonizado pela bactéria Helicobacter pylori, ocorre inflamação gástrica, causando a sensação de queimação. A presença dessa bactéria se deve à ingestão de água ou alimentos contaminados e seu tratamento deve ser feito com antibióticos.

Química

A ingestão de alguns medicamentos e alimentos causam reações químicas no estômago que podem provocar e piorar a azia. Entre os medicamentos que causam irritação no estômago, estão os anti-inflamatórios, pois irritam a mucosa gástrica, levando ao surgimento de úlceras que aumentam a queimação.

Já a ingestão de alimentos pouco saudáveis, como frituras, temperos em excesso, produtos ácidos e álcool, causam uma desordem na produção de suco gástrico a acabam piorando o problema.

Além disso, ingerir grandes porções de comida também é prejudicial, uma vez que força o estômago a produzir ainda mais suco gástrico, aumentando o desconforto.

Nervosa

O estômago é uma região que tem uma grande quantidade de células nervosas. Com isso, qualquer alteração psicológica pode causar impactos diretos na sua alimentação. Quando uma pessoa está passando por um momento de muito estresse, ansiedade ou irritação, é comum sentir mais desconfortos nessa região, incluindo a queimação.

Existem alguns casos em que a queimação no estômago está ligada a outras doenças gástricas, como a úlcera, gastrite, refluxo gastroesofágico, que podem piorar a frequência e a intensidade do problema.

Como vimos, a queimação no estômago é uma condição que causa muito incômodo. Se você sente isso regularmente, procure evitar os alimentos que aumentam a produção de suco gástrico, controle o estresse, adote hábitos saudáveis de vida e o mais importante: procure atendimento especializado para diagnosticar a causa correta e iniciar o tratamento com segurança e o mais breve possível.

Quer saber mais sobre problemas no estômago? Então, leia nosso post sobre as três doenças gástricas mais comuns e suas causas.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up