Quais os tipos mais comuns de intolerância alimentar e como tratar?

Sabe aquela sensação boa que nós temos após almoçar e desfrutar do nosso prato favorito? Pois bem, para muitas pessoas, o consumo de certos alimentos pode resultar em dores abdominais, gases, náuseas, diarreias, dor de cabeça e até problemas de pele.

Estamos falando da intolerância alimentar, uma reação do nosso organismo a determinado alimento em geral pela carência de uma enzima específica, que faria sua digestão e absorção adequada. Com isso, a pessoa não consegue metabolizar o substrato e pode sentir uma série de sintomas, o que acaba atrapalhando seu dia a dia.

A questão é que o corpo, muitas vezes, deixa de absorver os nutrientes necessários nessa situação, podendo ocasionar outros sintomas como fraqueza, cansaço e até perda de peso. Por isso, se você se preocupa com sua saúde, deve conhecer as principais intolerâncias alimentares, como as que apresentamos neste post. Confira a seguir!

Intolerância à lactose

É a dificuldade de digerir e absorver a lactose — o açúcar encontrado no leite e em seus derivados, como iogurtes e queijos. Essa intolerância ocorre porque a pessoa apresenta falta total ou parcial da lactase, enzima responsável por decompor esse açúcar.

Dessa maneira, o indivíduo não deve consumir alimentos que tenham uma alta quantidade de lactose. A dica é substituir por produtos lácteos, mas que não apresentam esse açúcar. O médico pode recomendar também a ingestão de comprimidos de lactase, que têm o objetivo de compensar a carência dessa enzima no organismo.

Intolerância ao glúten

O glúten está presente no trigo, cevada, aveia e centeio, por isso as pessoas que apresentam essa intolerância devem se privar de massas e pães que tenham esse componente. A Doença Celíaca é uma intolerância ao glúten, caracterizada por inflamação crônica do intestino delgado de origem autoimune, em pessoas com predisposição genética, podendo se manifestar de forma mais grave, com diarreia, dor abdominal e estufamento.

Como o glúten é amplamente utilizado, principalmente em produtos industrializados, é importante ter atenção às embalagens dos alimentos. Ao preparar alimentos sem glúten, é necessário ainda ter cuidado com a contaminação cruzada, caso o mesmo local tenha sido usado com algum alimento que contenha esse ingrediente, considerando que a dieta sem glúten, até hoje, ainda é o principal tratamento.

Intolerância à sacarose

É o caso de pessoas que não conseguem digerir a sacarose — o açúcar comum, utilizado para adoçar bebidas, preparar pratos doces e que também aparece no mel.

Desse modo, além de doces, pode ser necessário evitar legumes e frutas que tem maior teor de sacarose, como manga, abacaxi, cenoura e pêssego. Para adoçar os alimentos, a recomendação é usar alternativas como o adoçante natural estévia.

Intolerância à frutose

O açúcar presente nas frutas, em alguns legumes, vegetais e também no mel é chamado de frutose. Além disso, é encontrada em alimentos adoçados com xarope de milho ou ainda nos adoçantes de sacarose ou sorbitol, que aparecem em refrigerantes, sucos de caixinha, molhos, ketchup, entre outros.

Desse modo, a pessoa que apresenta essa intolerância deve ter atenção à tabela de ingredientes dos alimentos para evitar dores abdominais e outros incômodos.

Caso você se sinta desconfortável constantemente após se alimentar, vale procurar um gastroenterologista para descobrir se tem intolerância alimentar. Ele vai avaliar seus sintomas, histórico de saúde, histórico alimentar e quando necessário solicitar exames de sangue que podem apresentar alteração e apontar para esse quadro. Há ainda testes de provocação, em que o paciente ingere o alimento suspeito e verifica se apresenta algum sintoma, sendo importante pra definição diagnóstica.

Quer acompanhar outros posts como este, com mais dicas para você cuidar melhor da saúde? É só assinar a nossa newsletter!

 

Dra. Sara Cristina Batista de Lima

Especialidade: Gastroenterologia

CRM 3892/PI

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

17 Comentários

    Yes, I definitely want a copy. Looking forward to it! Chere Birk Efron

    Ich habe den Knoblauch hergestellt. der Erfolg war immens. Friederike Zelig Neau

    This article will assist the internet users for building up new blog or even a weblog from start to end. Hope Donall Timofei

    Information entry is not one as well as all task; you need Patience Godart Solomon

    After going over a few of the blog posts on your website, I seriously appreciate your way of writing a blog. I book marked it to my bookmark website list and will be checking back soon. Please check out my web site as well and let me know what you think. Gracia Jamie Anselmo

    Very good post! We are linking to this great content on our website. Keep up the good writing. Brandie Chilton Rhys

    Would you be inquisitive about exchanging hyperlinks? Billie Basilio Helaine

    Very informative blog article. Really thank you! Fantastic. Lavinie Mateo Tammi Agnola Micheil Castorina

    Hi there, just wanted to say, I enjoyed this post. It was inspiring. Ketti Ellsworth Hebner

    I enjoy you because of your own effort on this web page. Ellie enjoys doing internet research and it is simple to grasp why. Most people hear all concerning the dynamic means you render very useful solutions through your web site and in addition boost contribution from others on this matter so our own simple princess is in fact understanding a lot. Have fun with the rest of the year. You have been carrying out a really great job. Lynelle Arni Matthia

    Very interesting information!Perfect just what I was searching for! Lynea Zeke Langelo

    Dr. Oz recommends a dose of 500 1000 mg of Garcinia cambogia potassium before each meal. Ronna Andros Lainey

    Good post. I am experiencing many of these issues as well.. Sandie Linus Ondrej

    Sed reprehenderit quam, non felis, erat cum a, gravida lorem a. Ultricies in pellentesque ipsum arcu ipsum ridiculus velit magna, ut a elit est. Ultricies metus arcu sed massa. Massa suspendisse lorem turpis ac. Wenda Nicholas Medwin

    I think this website got some truly helpful stuff on it! Elyse Sidney Madian

    What’s bred in the bone will come out in the flesh.

    I have been exploring for a little for any high quality articles
    or weblog posts in this sort of house . Exploring in Yahoo
    I finally stumbled upon this website. Reading this info
    So i am satisfied to express that I’ve a
    very good uncanny feeling I discovered just what I needed.
    I such a lot surely will make sure to don?t omit this site
    and provides it a glance regularly.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.