Sem categoria

Sedentarismo e obesidade: entenda os reais perigos para a saúde

dezembro 10, 2018
Tempo de leitura 3 min

Além da obesidade estar entre as doenças mais mortais do mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ela também diminui consideravelmente a qualidade de vida. Mas você sabia que o sedentarismo está entre as principais causas dessa doença? Juntos, sedentarismo e obesidade prometem ser um mal que, se não levar a morte, prejudicará suas tarefas diárias e trará muita preocupação para a sua família.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e conheça os principais perigos do elo sedentarismo e obesidade para a saúde.

Problemas cardíacos

Quem acha que sedentarismo e obesidade afetam apenas a estética não podia estar mais enganado. A obesidade por si só já aumenta os riscos de alguém sofrer com problemas cardíacos, porém, entre aqueles que também são sedentários, os riscos de problemas no coração dobram.

Os exercícios físicos têm ação anticoagulante que ajuda na dilatação dos vasos e melhora a resistência à insulina. Em outras palavras, eles proporcionam um efeito contrário ao da obesidade. Por isso, é importante manter um peso que não sobrecarregue as articulações do corpo e nem limite seus movimentos.

Câncer de mama

O câncer de mama é mais um dos problemas que está associado ao sedentarismo e à obesidade. Se você tem casos de câncer de mama na família esse cuidado torna-se ainda mais necessário.

Para as mulheres que já passaram da menopausa, os riscos também aumentam. Isso porque o sobrepeso eleva a quantidade de estrogênio (hormônio feminino) no sangue e aumenta as chances de desenvolver a doença em, aproximadamente, 20%.

Diabetes tipo 2

Na última década, o número de pessoas com problemas de diabetes tipo 1 e 2, no Brasil, aumentou 61,8%, segundo as pesquisas do Ministério da Saúde. Mais uma vez, as mulheres são as mais afetadas — em especial aquelas que estão acima do peso e sedentárias.

A diabetes aumenta consideravelmente o risco de o portador desenvolver doenças vasculares como derrame e infarto. Além disso, ela é uma das maiores causas de cegueira, falência dos rins e amputação dos membros inferiores.

Felizmente, a diabetes tipo 2 é uma doença possível de prevenir. É preciso que haja uma reeducação alimentar e a realização de exercícios físicos regularmente.

Problemas pulmonares

Por fim, quem tem sobrepeso e é sedentário tem grandes chances de desenvolver algum problema pulmonar. Isso porque a falta de adaptação fisiológica do sistema respiratório gera uma limitação na capacidade vital. Tudo isso pode ocasionar problemas como asma, bronquite e outras doenças relacionadas aos pulmões.

Manter o corpo em movimento, seja com exercícios físicos, seja com algum outro tipo de atividade, ajuda a aliviar não só os problemas respiratórios, mas prevenir outros, que já foram mencionados ao longo deste post.

Tudo isso, associado à boas práticas alimentares, contribui para a melhora da qualidade de vida e reduz consideravelmente as chances de morte por sedentarismo e obesidade.

E você? Já pensou em mudar seu estilo de vida ainda hoje? Aproveite a visita em nosso blog e saiba como incluir atividades físicas na sua rotina!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up