Sem categoria

Sintomas da úlcera gástrica: saiba mais sobre essa doença!

dezembro 17, 2018
Tempo de leitura 3 min

Dor e queimação no estômago podem ser sinais de úlcera gástrica. Ela consiste em uma ferida na região estomacal e também pode ser denominada úlcera duodenal, caso a lesão seja no duodeno (parte inicial do intestino delgado). Em geral, as dores surgem pouco tempo após a refeição. Da mesma forma, também podem surgir quando o estômago ficar vazio por muito tempo.

Outros sintomas da úlcera gástrica são náuseas, fezes escuras ou avermelhadas e vômitos. Normalmente, essa doença não costuma ser grave, mas pode se agravar caso não seja tratada corretamente.

Neste post, você vai saber mais sobre o diagnóstico e possíveis causas do problema. Leia o post com atenção e saiba porque é importante ter acompanhamento médico constante.

Diagnóstico da úlcera de estômago

Apesar de apresentar alguns sinais característicos, a úlcera gástrica também pode ser assintomática em alguns casos. Por isso, o acompanhamento médico para exames de rotina é muito importante.

A endoscopia é o mais comum nesses casos e é útil tanto para o diagnóstico do problema quanto para determinar o tratamento e prognóstico.

O exame de endoscopia é realizado a partir da inserção de uma sonda com uma microcâmera na ponta, e vai de dentro da boca do paciente até o seu estômago. Isso permite uma clara visualização das paredes internas do estômago e de suas lesões. Assim, também é possível realizar a biópsia do tecido quando necessário.

Causas da úlcera gástrica

A doença ocorre quando a região estomacal tem suas defesas enfraquecidas e fica vulnerável à sua própria acidez. Esta pode destruir com certa profundidade o revestimento mucoso da parede interna do órgão, ocasionando lesões de até mais de dois centímetros de diâmetro.

A seguir, conheça as causas mais prováveis para o desenvolvimento do problema.

Anti-inflamatórios

Um dos principais fatores que provocam a úlcera gástrica (e que corresponde à metade dos casos) é o uso de medicamentos anti-inflamatórios, o que acaba diminuindo a proteção do estômago e a quantidade de muco da região.

Dessa forma, o ácido no trato digestivo corrói a superfície da parede interior do estômago ou do duodeno. Quando o ácido entra em contato com a mucosa, a região é lesionada.

Bactéria H.pylori

A bactéria H. pylori também é uma das causas da úlcera gástrica. É uma infecção comum, já que o microrganismo pode ser encontrado nos dentes, na saliva e nas fezes do infectado.

Outra causa associada à doença é o estresse. No artigo do Dr. Vakil, por exemplo, é mencionado o aumento da quantidade de úlcera nervosa em Nova Iorque após o atentado no dia 11 de setembro de 2001. A síndrome de Zollinger-Ellison, doença de Crohn e infecções também entram na lista.

Por isso, é importante que o problema seja tratado logo para que os perigos trazidos e os sintomas da úlcera gástrica sejam afastados. E nada melhor que consultar um médico para confirmar o diagnóstico e fazer o tratamento.

Você gostou deste texto sobre os sintomas da úlcera gástrica? Aproveite a visita em nossa página para assinar a newsletter. Assim você receberá as próximas atualizações na caixa de entrada!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up