Saúde

Você sabe o que é a síndrome do intestino irritado? Entenda!

Março 4, 2019
Tempo de leitura 3 min

Dores fortes no intestino, inchaço, excesso de gases e prisão de ventre são alguns dos sintomas da síndrome do intestino irritado. Essa doença afeta cerca de 10% da população mundial, principalmente mulheres jovens e de meia-idade.

Apesar de não ter cura, existem modos de controlar o problema e melhorar a qualidade de vida de quem o tem. Neste post, você vai saber mais sobre os sintomas, causas e opções para viver melhor com essa doença. Continue a leitura e tire suas dúvidas.

Quais são os sintomas da síndrome do intestino irritado?

Além dos sintomas mencionados no início deste post, há também alterações intestinais. É comum aumentar as idas ao banheiro e, geralmente, a consistência das fezes é alterada. Esses sintomas são constantes e podem surgir sem nenhuma causa aparente.

É válido ressaltar que nem todos esses sinais podem aparecer de uma só vez. Sendo assim, é importante observar e avaliar os sintomas por, pelo menos, três meses.

Leve também em conta que pode haver dias em que os sintomas desaparecem completamente e outros que piorem. Normalmente, essa piora pode estar relacionada ao consumo de alguns alimentos ou hábitos. Por exemplo:

  • a ingestão de alimentos muito gordurosos;
  • a ingestão excessiva de pão, álcool, refrigerante, café, chocolate, leites e derivados e comida processada;
  • passar por um longo período de ansiedade e\ou estresse.

Quais são as principais causas da doença?

Mesmo que as causas da síndrome do intestino irritado ainda não sejam totalmente compreendidas, o distúrbio funcional na motilidade do intestino é uma das principais causas. 

O consenso médico é de que quem tem a doença apresenta uma disposição maior para desenvolver alterações motoras devido aos estímulos fisiológicos e\ou emocionais. Por exemplo: intolerância alimentar, anormalidades motoras do aparelho gastrointestinal e na sensibilidade visceral etc.

Por isso é tão importante tentar controlar o estresse e a ansiedade — esses fatores estão ligados com o maior índice de inflamação no organismo e, consequentemente, do desenvolvimento da síndrome do intestino irritado.

Como aliviar os sintomas e controlar o problema?

Já que o estresse e a ansiedade podem influenciar nos sintomas e no desenvolvimento dessa síndrome, evitar esses sentimentos é muito importante.

Para acalmar e relaxar a mente e o corpo, praticar yoga, meditação ou pilates, por exemplo, é fundamental. Além disso, uma alimentação equilibrada aliada à prática de atividades físicas regulares também são formas para controlar o problema e melhorar a saúde no geral.

Lembre-se que alimentos processados ou muito doces e o excesso de álcool e cigarro também devem ser evitados para uma melhor qualidade de vida.

Em todo caso, é muito importante que o paciente entre em contato com um profissional da saúde para avaliar o seu estado, realizar o diagnóstico da síndrome do intestino irritado e prescrever o melhor tratamento da doença de acordo com cada paciente.

Então, você conseguiu tirar suas dúvidas e achou este post útil? Que tal aproveitar a visita em nosso blog para ler também sobre porque é importante procurar uma clínica de gastroenterologia?

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up