Sem categoria

Você sabe o que é pancreatite? Entenda um pouco mais

novembro 5, 2018
Tempo de leitura 3 min

A pancreatite é uma doença que prejudica o bem-estar e as atividades de rotina, pois compromete as funções do pâncreas por meio de uma inflamação na região. Esse órgão tem a importante função de fazer a digestão da gordura e do carboidrato que ingerimos, além de produzir insulina e glucagon.

Neste post, você vai entender o que é a pancreatite, seus sintomas, causas e fatores de risco. Continue a leitura e saiba mais!

Quais são as causas da pancreatite

Como adiantamos, a pancreatite é a inflamação do pâncreas. A doença pode ser diferenciada por dois tipos: aguda e crônica. No tipo agudo, o problema é caracterizado por inflamação e dor repentina. Já no tipo crônico, as dores são mais intensas e frequentes.

Normalmente, a pancreatite aguda ocorre devido à presença de cálculos biliares, as conhecidas ‘’pedras’’ formadas por bile que endurecem e inflamam o pâncreas. O principal vilão do problema é o excesso da ingestão de álcool.

A inflamação e as dores podem ocorrer dentro de horas ou até dois dias após uma ingestão abusiva de bebidas alcoólicas. Medicamentos, traumas abdominais, infecções, tumores e anomalias genéticas também podem ser listadas como causadores desse problema.

A pancreatite crônica também pode ser provocada pelo abuso de álcool em tempo prolongado. Mas, além disso, a hiperlipidemia, hiperparatireoidismo, o bloqueio crônico do duto pancreático e algum ferimento são outros responsáveis pela doença. Tudo isso afeta o pâncreas, podendo atrofiar-lo e torná-lo incapaz de produzir as enzimas necessárias para a digestão dos alimentos.

Tabagismo, fibrose cística, histórico familiar e níveis elevados de cálcio são fatores de risco comuns aos dois tipos de pancreatite.

Quais são os sintomas da doença

Os sintomas da pancreatite crônica podem ser diferentes da pancreatite aguda. A seguir, saiba mais sobre os sinais que cada tipo apresenta.

Pancreatite crônica

É capaz de provocar dores abdominais e diarreia, que costumam durar até semanas. Além disso, como a pancreatite crônica interfere na produção de insulina pelo pâncreas, o indivíduo também pode desencadear diabetes. Outros sintomas comuns são ansiedade, febre, fraqueza, transpiração e pele viscosa.

Pancreatite aguda

Normalmente, a pancreatite aguda provoca dores mais intensas no abdômen superior que, em alguns momentos, podem irradiar para o dorso. No começo, ela tende a ser menos acentuada e vai se intensificando depois, principalmente após alguma refeição. Por isso, as vezes é necessário ajuda médica imediata.

Outros sintomas são a desidratação e a pressão baixa, que podem resultar em falhas no coração, pulmão e rins. Em casos mais graves, a pancreatite aguda pode provocar hemorragia no pâncreas. Em situações como essa, o indivíduo tem risco de choque e até de morte.

Agora que você já aprendeu o que é pancreatite, é importante ficar atento aos sintomas mencionados e aos fatores de risco. Dessa forma, fica mais fácil tratar o problema e evitar que ele chegue em níveis mais graves. Não se esqueça de manter uma alimentação balanceada, praticar atividades físicas e fazer um acompanhamento médico regularmente.

Se você gostou do post e quer ficar atualizado sobre outras informações relacionadas a saúde e bem-estar, assine nossa newsletter e receber as nossas atualizações por e-mail!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up